Informação a categoria dos Policiais Rodoviários federais no estado do Rio de Janeiro

Informação a categoria dos Policiais Rodoviários federais no estado do Rio de Janeiro

Após termos conhecimento de operação de cunho nacional, a ser realizada nos próximos dias, a Diretoria do SINPRFRJ solicitou informações aos gestores em nosso estado e também a nível nacional.

                     Ontem nosso presidente falou diretamente com o superintendente regional, Silvinei Vasques, que informou que a operação faz parte de planejamento do órgão e que serão tomadas todas as medidas para coibir a contaminação dos policiais envolvidos na operação.

                     Hoje, na parte da manhã, nosso presidente recebeu a ligação do diretor executivo da PRF, José Hott, que esclareceu que tal operação é uma ação articulada e que já estava prevista no calendário de operações do órgão junto a outras esferas de Poder.

                     O DIREX passou informações que não podemos revelar, mas que corroboram com a necessidade da operação neste momento.

                     Tanto o superintendente quanto o diretor executivo manifestaram a preocupação de não expor os PRF s ao contágio e que as abordagens deverão ser pontuais, com a utilização de todos  os equipamentos de proteção doados pelo órgão e também o que já foi entregue por este SINPRFRJ.

                     Ambos alegaram, também, que serão envolvidos na operação somente voluntários, através do IFR e que, caso não tenho a confiança em participar, poderão pedir para não realizarem o IFR nos referidos dias da Operação.

                     A Diretoria do SINPRFRJ expõs a sua preocupação, devido ao momento da pandemia, mas não pode interferir neste planejamento, somente expor a necessidade de cautela do momento devido a pandemia e que ao fiscalizar, o PRF deverá utilizar os equipamentos de proteção individual e esperamos que as ações sejam realizadas com a maior segurança possível.

                     Para deixar formalizado, este sindicato enviou ofício para essas autoridades e também para o Diretor Geral Furtado (ofícios 19, 20 e 21), formalizando os questionamentos e solicitando que a operação seja realizada com a maior cautela possível, a fim de não ocorrer qualquer risco para nossos policiais e, consequentemente nossas familias.

                     O SINPRFRJ estará atento a tudo que ocorrerá na referida operação e coloca-se a serviço de qualquer PRF que se sinta desprotegido devido as ordens das chefias imediatas.


Marcelo Novaes de Andrade

Presidente