Revogação da portaria para liberação das atividades sindicais

Revogação da portaria para liberação das atividades sindicais

A FENAPRF encaminhou no dia 22MAR pedido ao diretor geral Adriano Furtado sobre a Portaria nº 1.536/15. No pedido, o presidente da FENAPRF pede a revogação da portaria que libera os servidores para participar das atividades sindicais.

 

Com cenário político negativo tanto em relação a Reforma da Previdência quanto a Segurança Pública, é imprescindível a participação do maior número possível de PRFs na luta sindical. A revogação da portaria tem trazido inúmeros prejuízo ao sistema sindical em Brasília e aos sindicatos estaduais, pois quando do retorno ao trabalho, os policiais têm que compensar as horas dedicadas ao serviço sindical.

 

A FENAPRF ressaltou em seu pedido que seja oportunizado aos dirigentes sindicais, através das unidades regionais, a compensação através do teletrabalho.