Suicídio Policial

Suicídio Policial

O mês de março está terminando. E com ele vai uma triste estatística em relação a suicídio policial: dois PRFs em uma semana ceifaram suas vidas. Infelizmente, esta tem sido uma notícia recorrente.

 

O SINPRFRJ disponibiliza, há sete anos, atendimento psicológico para seus associados. Alternadamente, oferece palestras, PNL e outras terapias. Nesta semana, por exemplo, em uma ação conjunta com a 5ª SRPRF (NUCAP e PROSSERV), o SINPRFRJ irá ceder sua psicóloga para a realização de duas palestras amanhã, quinta-feira 28MAR, na superintendência. As palestras serão sobre “Identificação e Prevenção do Suicídio”, com a psicóloga Maria Elisabete. Elisabete ajudará aos presentes identificar os sintomas de depressão, além de como abordar um potencial suicida.

 

Diante da seriedade dos casos listados acima, a FENAPRF encaminhou ofício ao diretor geral Adriano Furtado, com o tema SUICÍDIO POLICIAL. Nele, é pedido que seja feito um estudo aprofundado das causas do suicídio, com dados estatísticos e pontuais sobre os últimos anos. A intenção da FENAPRF, com este pedido, é avaliar e analisar os resultados e ações concretas para assim prevenir mais tragédias como as que estão acontecendo.