Nota para a categoria PRF

Nota para a categoria PRF

O SINPRFRJ, junto com a categoria PRF (RJ), vem lutando pela reestruturação da carreira. Mas, o momento em que passamos requer uma freada nas ações… pede cautela, atenção.

Nesta semana houve um intenso debate dos SINPRFs junto com a federação sobre a realização, ou não, da Marcha do dia 1º de junho – Mobilização. O posicionamento do SINPRFRJ foi de manter a mobilização. O evento acontecido em Sergipe foi um caso isolado. A decisão do SINPRFRJ de manter a mobilização não foi só pelos custos financeiros não-reembolsáveis dispendidos até agora, mas também pela causa: A luta pela reestruturação deve continuar!

Mudaremos a abordagem no movimento, enfatizando nossas atividades – combate à exploração sexual de crianças e adolescentes, fiscalização mais de 9 milhões de veículos por ano, apreensão de toneladas de drogas e 9 bilhões de reais em prejuízo estimado ao crime organizado, só no ano passado – por exemplo.

Enfatizaremos o combate ao trabalho escravo, a pedofilia, o tráfico de pessoas. Daremos continuidade educação para o trânsito, comando de saúde, ações sociais e a luta contra o câncer infantil. E lembraremos que “Em pesquisa realizada em 2021, 91% da sociedade brasileira aprovou o trabalho da PRF.”

Ressaltamos a importância e o comprometimento da nossa instituição com a sociedade brasileira. A PRF é a polícia de auxílio ao cidadão. Por isso, nossa luta não pode parar, mas pode mudar.

Por fim, o SINPRFRJ está triste, de luto e pede desculpas à população brasileira.