Carta aberta do presidente do SINPRFRJ