NADA A COMEMORAR – Em evento de comemoração antecipada de 94 anos da PRF, policiais fazem protesto contra o Governo Bolsonaro

NADA A COMEMORAR – Em evento de comemoração antecipada de 94 anos da PRF, policiais fazem protesto contra o Governo Bolsonaro

Fonte: FenaPRF

O evento comemorativo dos 94 anos da Polícia Rodoviária Federal, realizado nesta quinta-feira (30) na Universidade Corporativa da PRF, em Florianópolis/SC, foi marcado por mais um ato do sistema sindical dos PRFs demonstrando a insatisfação da categoria com a desvalorização dos policiais promovida pelo Governo brasileiro.

Representando o sentimento dos mais de 17 mil policiais rodoviários federais ativos e aposentados, o sistema sindical dos PRFs optou por não participar do evento por entender que justamente no período onde deveríamos estar em festa, não temos nada o que comemorar.

O convite enviado pelo Departamento de Polícia Rodoviária Federal aos membros do sistema sindical foi recusado formalmente pelos sindicatos estaduais de PRFs, declarando que a falta de palavra do Governo Bolsonaro para com a categoria PRF torna o momento totalmente inconveniente para a realização de homenagens e comemorações.

O sistema sindical dos PRFs reitera sua posição de indignação com a falta do cumprimento da palavra do Presidente da República. Policiais rodoviários federais por todo o Brasil estão adoecendo, muitos outros estão perdendo a motivação de seguir na carreira por conta da real desvalorização promovida pelo Governo Bolsonaro, que vai se transformando no pior Governo para as forças policiais da União das últimas décadas.

Ato de policiais
Durante o evento realizado pelo DPRF na UniPRF na manhã desta quinta-feira (30), um avião com uma faixa de protesto sobrevoou o local. Os dizeres da faixa “NADA A COMEMORAR: BOLSONARO MENTIU PROS PRFs” chamou a atenção dos policiais e autoridades presentes na Universidade Corporativa da PRF.

O avião sobrevoou o local por cerca de uma hora e também passou por diversas áreas urbanas.

Contato com presidenciáveis
A FenaPRF, com aval de todos os sindicatos estaduais, buscará se reunir e realizar a entrega de uma carta a todos os candidatos a presidente da República, onde apresentará as principais necessidades da categoria. Nos pautamos sempre pela neutralidade e diálogo aberto com qualquer candidato e entidade política, independente de sua corrente ou vertente ideológica.